sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Reapresentação (2 anos de brinquedoteca)

Mix rainha para Download
Obs: com cortes


segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Convidados

  • Marcelo Brandão
  • Toni Brandão
  • Raimundo Otávio da Mota
  • Prefeito: Jonas Muniz Sobrinho
  • Primeira-dama: Maria Inês de Farias

sábado, 11 de outubro de 2008

Encerramento

De O Mundo Mágico da Dança

O movimento é o primeiro elemento da dança. Mas não é suficiente para dizer que estamos dançando. Para haver dança, precisamos dançar em algum lugar. É o espaço geral. Podemos dançar no palco, no gramado, no pátio da escola, ou na sala de aula. Assim, em nossos dias, cada vez mais a dança aparece como forma de expressão... De descoberta do próprio corpo e da qualidade de movimentos que ele realiza. Está muito além de ser apenas passatempo e divertimento. Você também pode criar sua dança, sem se preocupar-se com o mundo de espetáculos e de movimentos já idealizados por alguém. Ao experimentar caminhos diferentes e possibilidades inovadoras você estará utilizando seu corpo como instrumento de expressão. Com idéias e conhecimentos adequados a cada tipo de dança... Experimente!

[Locução: Lúcio]
..S2..
[Leiliane]
Na linguagem dos movimentos, cada ser tem sua forma peculiar de expressa-la.
A dança é uma ação espontânea do ser humano.
Antes do homem executar as primeiras atividades de sobrevivência, ele utilizava o corpo e a dança para se comunicar e aquecer o frio.
[Leonardo]
A dança procura a princípio o desenvolvimento da consciência de si mesmo.
Que permitirá o sujeito está consciente do que se pode fazer.
Se acreditarmos que o corpo se comunica sem o uso das palavras, podemos entender a dança como atividade que utiliza o corpo. Uma forma de construir diversos tipos de comunicação.
[Wine]
As primeiras civilizações utilizavam a dança como forma de comunicação com deuses.
Hoje dançamos para expressarmos sentimentos e idéias.
Pois, através da dança podemos despertar a criatividade.
Dar asas a imaginação e liberdade de expressão.
Ela nos possibilita vivenciar, explorar, conhecer, expandir, representar e expressar.
Isto é, manifestar nosso eu.
Nossa corporeidade.
[Leiliane]
A dança pode interagir na educação do indivíduo.
Pois, se constitui do conhecimento, da experiência estética, da expressão, envolvendo aspecto histórico, culturais, sociais, ideológica.
Manifestando sentimentos e pensamentos através dos movimentos.
[Leonardo]
Dançar é ter a presença do sentir, e poder viver inteiramente cada sentir.
[Wine]
Transformar em dança uma poesia, uma folha, uma brisa, um olhar, um som.
[Leiliane]
Tudo, tudo podemos dançar.
Podemos dançar a natureza, a cidade grande, os animais, a família, o amor, o ódio, os sabores.
Tudo o mais que imaginamos.
Dançar significa sentir o nosso corpo e por meio dele chorar, amar, odiar, querer, nascer, viver.
Quem dança é mais feliz, por isso...

VENHA VIVER FELIZ NO

MUNDO MÁGICO DA DANÇA!!!

domingo, 5 de outubro de 2008

Coreografia

De O Mundo Mágico da Dança


Que impulso irresistível leva o Homem a dançar? Por que, ainda no estado natural mais primitivo, em lugar de economizar suas energias para encontrá-las mais intactas no momento da ação, necessária a seu sustento ou sua defesa, desperdiças em movimentos fisicamente esgotantes? Sem dúvida, por uma necessidade interior, muito mais próximo do campo espiritual que do físico, seus movimentos, que progressivamente vão se ordenando em tempo e espaço, são a válvula de liberação de uma tumultuosa vida interior que ainda escapa a análise. Em definitivo, constituem formas de expressarem sentimentos, desejos, alegrias, pesares, gratidão, respeito, temor, poder. No entanto, esses sentimentos estão intimamente relacionados com a necessidade material do grupo humano primitivo. Necessidade de ampara, abrigo, alimento, defesa e conquista, de preocupação, saúde e comunicação. Tais requisitos leva-nos, primeiro a observar a natureza e a relação que existe entre os fenômenos naturais, propícios, ou, contrários da sua necessidade. A cada uma dessas manifestações Ele atribui um espírito e uma vontade semelhante a sua. Para obrigar essa vontade a curvar-se ante a sua ele inventa fórmulas mágicas, plasmadas em objetos biméticos, que traduzem seus desejos. Assim nascem as formas artísticas de expressão. A dança, a pintura, a música, a palavra, o teatro. No princípio, todas estão unidas num só fato mágico e vão se separando com o desenvolvimento da cultural, até os tempos atuais em que um refluir na buscar faz desvendar o caminho para fundi-las numa integração. [download coreografia.mix - mp3 - 33mim48seg.]

LOCUÇÃO: Lúcio Nascimento.

sábado, 4 de outubro de 2008

Ficha Técnica


  • RAINHA [responsável: Orlane Ribeiro]

Beija-flores: Edjane Silva, Taina Bárbara, Tamires, Rayane Pereira, Sabrina, Wine, Amanda Vasconcelos e Talita Mayara.

Borboletas: Cananda, Alicia Silveira, Tais, Naira, Ana Paula.

Tanajuras e Joaninhas: Vitória, Gabriela, Marcélia, Amanda, Bábara, Eduarda (Tia Pretinha)
CENÁRIO: Vilamar, Edmundo, Fernando, Valter, Orlane

  • COREOGRAFIA [responsável: Pretinha & Cléo]

Abertura Instrumental [do filme Ela dança, Eu danço"]: Iago, Ashelley, Ednardo, Lidiane Mara [Pretinha], Joelma, Vilamar, Glauciane Óliver, Betina, Luli, Débora Mendes.

Funk: Iago Costa, Joelma e Ednardo.

Forró: Débora, Ronaldo, Tainna Brenda, Wile, Leonardo Éverton e Amanda Muniz.

Axé [Estravazza]: Joelma Oliveira, Tainna Bárbara, Sabrina, Iágo Costa, Ednardo, Talita Mayara, Érica, Vitória Rios, Isamara, Débora Évilin, Wine Praciano, Débora Mendes, Marilia, Jéssica.

Valsa: Gabriela Peixoto e Ednardo.

Merengue: Jéssica, Marila, Tainara, Amanda Vasconcelos, Marcelo Anderson, John, Luciano e Leandro Menezes.

Tango*: Cleo & Ednardo; Joelma & Iágo.

Samba*: Vitória Rios, Gabriela Freitas, Edjane Silva, Talita Mayara, Tamires e Leonardo Éverton.

Ventre*: Gabriela Peixoto, Marilia, Tainna Bárbara, Tainara...

Cigana*: Lidiane Mara, Débora Mendes, Joelma, Cleo.

Lambada: Gabriela Peixoto, Ashelley Gomes, Marília, Iágo Costa, Jonh e Leandro Menezes.

Britney Spears: Iago Costa, Joelma, Germana, Tainara, Ednardo, Leonardo, Débora Évilin, Sabrina, Talita, Glauciane, Natália.

  • ENCERRAMENTO [responsável: Fernanda e Patrícia Muniz]

Dançarinos: Betina, Ednardo,

Poesia: Leiliane Marta, Leonardo Éverton e Wine Praciano.

Painel de fundo: Arnóbio.

Música: Dance, dance, dance.

COREOGRAFIAS: Iágo Costa, Joelma, e *Cleo

Rainha

De O Mundo Mágico da Dança


O Centro de Educação Básica Maria Pereira Brandão em sua VIII Noite Cultural apresenta:

O Mundo Mágico da Dança.


É necessário pegar o texto da mesma forma como se pega uma flauta, pra acordar o artista que dorme em nós. Ou, como quem pega uma pipa, fazendo voar os pensamentos. É sempre assim como a arte, o brinquedo. O prazer só vem quando o corpo se põe a dançar! Bem Vindos à VIII Noite Cultural! [download sinopse.mp3]